Pesquisando com Bruno Alves

Carregando...

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Democratas se fortalece no interior da Bahia



O deputado Paulo Azi, presidente estadual do Democratas, comemora as recentes filiações ao partido que vem retomando nos últimos tempos a importância política que detinha na Bahia. No último domingo, 29, Azi cumpriu uma verdadeira maratona pelo interior do Estado, acompanhado dos prefeitos de Salvador e de Feira de Santana, ACM Neto e Zé Ronaldo, do ex-governador Paulo Souto, do deputado federal Cláudio Cajado e do secretário de Transportes de Salvador, José Carlos Aleluia. A comitiva esteve em Barreiras onde filiou-se ao partido uma das maiores lideranças da região, Zito Barbosa, ex-prefeito de São Desidério e pré-candidato a deputado federal em 2014, também em Serrinha, quando foi abonada a ficha de filiação de Dr. Adriano Lima, ex-vice prefeito,candidato a prefeito nas últimas eleições e pré-candidato a deputado estadual.


Em Campo Formoso os Democratas foram recebidos por uma multidão que prestigiou a filiação do líder da Oposição na Assembleia Legislativa, deputado Elmar Nascimento, ex- PR. No próximo dia 3, quinta-feira, uma nova leva de filiações – tanto da capital como do interior – será oficializada durante o Encontro da Executiva Estadual, que será realizado no auditório da ALBA, às 15 horas. Os novos filiados receberão as boas vinda do presidente nacional do Democratas, senador José Agripino Maia, que fez questão de prestigiar as filiações baianas. “ Isso é o exemplo claro de que o Democratas voltou a ocupar o protagonismo político da Bahia”, festejou Paulo Azi.

Aleluia anuncia primavera do Democratas em Barreiras



“A filiação do grande líder do Oeste, Zito Barbosa, ao Democratas sinaliza que o partido vive a sua primavera. Um novo tempo se inaugura com o fortalecimento de uma legenda que volta a crescer em todo o estado”, afirmou o secretário de Urbanismo e Transporte de Salvador, José Carlos Aleluia, durante evento realizado na Câmara de Vereadores de Barreiras, na manhã deste domingo (29).

“Ao contrário do que imaginara algumas aves agourentas da política baiana, o Democratas está vivo e cada vez mais forte para as eleições de 2014”, disse Aleluia ao lado do prefeito ACM Neto, do ex-governador Paulo Souto, do prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo, do deputado federal Cláudio Cajado e dos deputados estaduais Paulo Azi e Hebert Barbosa, além do presidente do partido em Barreiras, Pablo Barrozo.

A caravana de líderes democratas ainda participa neste domingo de atos de filiação ao partido em Serrinha, onde haverá a adesão de Dr. Adriano, e, em Campo Formoso, local em que o deputado estadual Elmar Nascimento assinará a sua ficha de filiação ao partido.

 “No próximo dia três de outubro, com a presença do presidente nacional José Agripino Maia, vamos marcar a primavera do Democratas na Assembleia Legislativa, com a entrada no partido de mais três deputados estaduais. Além de Elmar, Sandro Régis e Targino Machado”, avisou Aleluia.



segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Audiência pública da Linha Viva é realizada



“A Linha Viva vai melhorar a vida das pessoas. Vai desafogar o tráfego na Avenida Paralela e transferir milhares de famílias de uma zona de risco para uma área segura”, afirmou o secretário municipal de Urbanismo e Transporte, José Carlos Aleluia, ao término da Audiência Pública em que foram apresentados o projeto e o edital da licitação para a concessão da via expressa, com 17,7 quilômetros, que liga o Acesso Norte ao Aeroporto Luís Eduardo Magalhães. O evento foi realizado na manhã desta segunda-feira (16), no auditório do Parque Tecnológico da Bahia.

Aleluia informou que o próximo passo é a realização de estudos em cada bairro por onde passa a pista. “Estaremos à disposição para a discussão técnica do projeto. Não queremos transformar uma iniciativa de interesse da cidade numa questão política, como alguns manifestantes tentaram fazer aqui hoje. Vamos dar atenção ao meio ambiente e à vida daqueles que hoje vivem sob o risco de uma rede de transmissão de 220 mil volts”.

De acordo com o secretário, as 3,2 mil famílias que ocupam a faixa de servidão da linha de transmissão serão transferidas para locais próximos e com melhores condições de vida. “Apresentamos o projeto com total transparência à população, a audiência também foi transmitida ao vivo pela internet, e agora vamos iniciar o processo de negociação com aqueles que moram de forma arriscada e irregular sob a linha de transmissão”.

Destacando a importância da Linha Viva, como alternativa ao trânsito na Avenida Paralela, permitindo que essa tradicional via possa dar prioridade ao transporte público, Aleluia observou que a gestão do prefeito ACM Neto não vai ficar parada sem buscar soluções para os problemas de Salvador.

“Queremos o melhor para as pessoas desta cidade, por isso estamos dando todo o apoio necessário às obras que o governo estadual realiza em Salvador. Não misturamos política com a responsabilidade de governar pelo bem comum e para todos”,afirmou o secretário.

A audiência pública começou às nove horas, quando o ouvidor geral do município, Humberto Viana, abriu os trabalhos. Após pronunciamento do secretário José Carlos Aleluia, houve a exposição técnica da Linha Viva pelo engenheiro Paulo Sérgio Peixoto, representante da TCC, empresa contratada pela prefeitura para a elaboração do projeto.

Segundo Paulo Sérgio, a Linha Viva será construída ao norte da Avenida Paralela, ligando o Acesso Norte à Rodovia CIA/Aeroporto nas proximidades do Aeroporto Internacional Deputado Luis Eduardo Magalhães. Terá 17,7 quilômetros de extensão e será uma nova opção de trajeto que deverá captar 40% do fluxo de veículos da Paralela. São três faixas de tráfego expresso em cada sentido, com capacidade de 2.000 veículos em cada faixa, por hora.

Estão previstas dez conexões através de alças e rampas com as principais avenidas no seu entorno. Outras 20 travessias transversais, através de viadutos ou 04 passagens inferiores, serão construídas sem ligação direta com a via expressa. A Linha Viva vai ocupar a faixa de servidão da Chesf, ou seja: a área por onde passam as redes de alta tensão, nas quais não são permitidas edificações ou a presença de vegetação de porte. O investimento total para a implantação da via expressa está estimado em R$ 1,5 bilhão.

A viabilização do empreendimento se dará por meio de concessão precedida de obra pública, sem utilização de recursos municipais. O investimento previsto será pago pelo usuário da via, durante o prazo da concessão, através de pedágio. A representante da Secretaria Municipal da Casa Civil Tarsila Reis, fez a exposição da modelagem do edital de licitação da concessão. A empresa que vencer a licitação terá a obrigação de concluir a via num prazo de quatro anos e o direito de explorar comercialmente a concessão durante 31 anos, o que inclui a manutenção em níveis ideais pré-estabelecidos.

Segundo Tarsila, a concessão da Linha Viva será implementada no formato de uma concessão precedida de obra pública conforme Leis nº 8.987/95 e 9.074/95; e, subsidiariamente, pela Lei 8.666/93, e demais normas vigentes sobre a matéria. Diante do valor do investimento, a alternativa encontrada é que a obra seja realizada pela iniciativa privada, que terá o seu retorno, ao longo do período da concessão, por meio da tarifa de pedágio, necessária para também pagar, além do custo da implantação, a remuneração dos custos de manutenção e conservação, que garantirão a qualidade ideal nos serviços ofertados aos usuários.


Após as apresentações do projeto e da modelagem do edital, a palavra foi franqueada e diversos presentes fizeram questionamentos e manifestaram opiniões, como moradores de comunidades por onde passará a Linha Viva, representantes de movimentos sociais e políticos. Participaram da audiência os vereadores Léo Prates, Gilmar Santiago, Aladilce, Joceval Rodrigues, Tiago Correia, Carlos Muniz, Hilton e Euvaldo Jorge, além da deputada estadual Maria Del Carmen.